EFG

Direktlink:
Inhalt; Accesskey: 2 |Hauptnavigation; Accesskey: 3 |Servicenavigation; Accesskey: 4

Kansallinen audiovisuaalinen arkisto (Helsínquia)

>> www.kava.fi A Cinemateca Finlandesa foi fundada em 1957 como associação particular. No ano seguinte aderiu à Federação Internacional dos Arquivos de Filmes (FIAF). Em 1979, a cinemateca tornou-se um organismo público sob a tutela do Ministério da Educação. A 1 de Janeiro de 2008, as funções da cinemateca foram alargadas, abarcando também os arquivos radiofónicos e televisivos. Um novo nome foi então adoptado – Arquivo Audiovisual Nacional.
 
As principais funções do Arquivo Audiovisual Nacional são a aquisição, preservação e restauro do património audiovisual finlandês, a promoção da cultura cinematográfica e audiovisual em geral, e a exibição de filmes com significado artístico, histórico ou outro.
 
O sistema de depósito legal, em vigor desde 1984, contribuiu para que a totalidade da produção fílmica nacional, independentemente de género ou formato, esteja representada no arquivo. Quase todo o património fílmico sobrevivente foi entregue à guarda do arquivo por depósitos voluntários.
 
Graças ao trabalho sistemático de preservação, mais de 90% dos filmes finlandeses de longa-metragem subsistem ainda hoje. O arquivo tem também uma relevante colecção de filmes de não-ficção. O exemplo mais significativo é o da colecção Suomi-Filmi do período 1919-1965, que abrange cerca de 70% das curtas-metragens e documentários finlandeses produzidos naquela época. O valor dos filmes é ainda aumentado pelo facto de a maior parte dos filmes mantêm o seu contexto enquanto partes de séries, como é o caso dos jornais de actualidades. O Arquivo Audiovisual Nacional detém todos os direitos não televisivos da colecção Suomi-Filmi, que inclui a série de 700 jornais de actualidades Finlandia-katsaukset. Estes filmes podem ser explorados à sua discrição.